Cozinha ancestral é tema de Seminário em Salvador

O XVI Seminário do Museu da Gastronomia Baiana acontece no Teatro Sesc Senac Pelourinho e será transmitido pelo YouTube, as inscrições são gratuitas

Quem está atrás de uma imersão histórica nas influências das matrizes africanas da gastronomia da Bahia, recebe um prato cheio no XVI Seminário do Museu da Gastronomia Baiana (MGBA). Esse ano, o evento realizado pelo Senac, traz o tema “Cozinhas Ancestrais do Continente Africano na Formação dos Sistemas Alimentares da Bahia”. O tradicional seminário acontece em formato híbrido, no dia 17 de agosto, presencialmente, no Teatro Sesc Senac Pelourinho, e também pelo Youtube do Senac. As inscrições são gratuitas pelo site: https://www.ba.senac.br/xviseminariodegastronomia. Vagas limitadas a lotação do espaço.

O Seminário é multidisciplinar e conta com convidados de segmentos como gastronomia, nutrição, história, botânica e cultura. Raul Lody, coordenador do Seminário, explica a importância do tema “Há uma evidente africanização do Brasil e, em especial, na Bahia, o que marca a sua construção social, histórica e cultural. Essa afrodescendência está marcada no cotidiano, no português que falamos, nos estilos musicais, nas tendências coreográficas, nas tecnologias artesanais; nas artes visuais, nas escolhas estéticas, nas festas, na religiosidade; e, em especial, nos nossos sistemas alimentares” disse.

O Seminário também conta com oficinas práticas, dos dias 18 a 20 de agosto, inspiradas em Manuel Querino –  escritor, abolicionista e pioneiro nos registros antropológicos da cultura africana na Bahia. Serão três tipos de oficinas presenciais: “Dendê: processo de extração artesanal”, “Comidas de Matriz Africana através de Manuel Querino” e “Bebidas de Matriz Africana através de Manuel Querino”.

Entre os convidados que estarão no palco do teatro, estão Raul Lody, cordenador do seminário e antropólogo, Elmo Alves, professor historiador e babalorixá, Jacqueline Bomfim, chef de cozinha do Senac Bahia, Ana Carla Pereira, coordenadora do Restaurante Senac Pelourinho, Juvani Jovelino, liderança quilombola, Kabengele Munanga, professor da USP, Revecca Tapie, representante do Slow Food Brasil, Lilian Lessa, professora de nutrição da UFBA, Odilon Castro, professor de gastronomia da UFBA, entre outros participantes.

Serviço

XVI Seminário de Gastronomia   – “Cozinhas Ancestrais do Continente Africano na Formação dos Sistemas Alimentares da Bahia”

Data: 17 de agosto

Horário: 14 às 18h

Local: Teatro Sesc Senac Pelourinho & pelo YouTube do Senac Bahia

Inscrições presenciais e online: https://www.ba.senac.br/xviseminariodegastronomia

Vagas limitadas a lotação do espaço.

Oficinas

18/08 [MANHÃ] – [OFICINA] Dendê: processo de extração artesanal

18/08 [TARDE] – [OFICINA] Comidas de Matriz Africana através de Manuel Querino

19/08 [MANHÃ] – [OFICINA] Comidas de Matriz Africana através de Manuel Querino

19/08 [TARDE] – [OFICINA] Bebidas de Matriz Africana através de Manuel Querino

20/08 [MANHÃ] –  [OFICINA] Bebidas de Matriz Africana através de Manuel Querino

Inscrições presenciais: https://www.ba.senac.br/xviseminariodegastronomia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s